domingo, 20 de janeiro de 2008

QUEBRANDO AQUÁRIOS


"Os peixes no aquário não param nem um segundo de nadar. Isso me inquieta. Além do mais acho esse peixe de aquário um ser vazio e raso. Mas deve ser engano meu, pois não só eles devoram a comida como procriam: e é preciso ser matéria viva pra isso. O que me intriga é que, pelo menos nos peixes de aquário, o instinto falha: eles comem até estourar, não sabem parar, eis um peixe morto. São seres aterrorizados quando pequenos, perigosos quando grandes. Além de pertencerem a um reino que não me é familiar, o que de novo me inquieta."
Clarice Lispector





QUEBRANDO ÁQUÁRIOS


Quando criança meus pais raramente me deixavam ter algum animal de estimação... Então quando me deparei com o aquário da minha tia, nossa aquilo me atraiu de imediato... Eu tinha uns 3 anos, e nessa idade, criança é fogo! Eu queria brincar com os peixinhos... E lá estava eu, dando "peteleco" no vidro, colocando os dedos na água e então, acho que pensei que poderia pegá-los enfiei a mão dentro do aquário e ele virou sobre mim.... Conclusão: me molhei todo, o aquário quebrou e os peixes morreram... Minha tia ficou P ...da vida e brigou comigo, e minha mãe ficou P ...da vida com ela porque eu era criança e não sabia ao certo as coisas que podia ou não fazer...

Assim como uma criança, em alguns momentos da nossa vida não sabemos se podemos ou não mexer, dar petelecos, sacudir o aquário ou os peixes... Mas depois que vemos o resultado de nossas ações e suas conseqüências, de alguma forma aprendemos que não precisamos mais passar ou fazer o que fizemos, porque certamente o resultado será desastroso ou não!

Durante minha vida quebrei muitos "aquários"... Mas cada um em situações diferentes. Mas não os mesmos.

Às vezes a gente precisa quebrar o aquário, matar os peixes para aprender uma lição... Outras vezes nos damos conta de que podemos apenas olhá-lo, admirá-lo e voltar no dia seguinte ou não...

Mesmo sabendo que tenho um caminho inteiro pela frente, eu tento não virar um colecionador de aquários quebrados... E você?


[Edu Grabowski]

10 comentários:

Claudinha disse...

Adorei Edu!!
Olhando por esse lado, acho q ainda vivo quebrando aquarios...

Otimo domingo pra vc

Bjussssssssssss

Erika disse...

Putz, já quebrei zilhões de aquários.... mas acho que aprendi... será? rsrs

Beijo

"Oncotô? (Erika)"

Fabrício esf! disse...

Muito bom este post...

Os 'aquários' são inatos ao ser humano. Não há como fugir deles mas, como você mesmo disse, podemos decidir se vamos por a mão ou só admirá-los.

Grande

Voltarei mais vezes!

Rui Carlo disse...

Aquários...
Você já percebeu que os primeiros paços de toda criança é sorrendo... "Olha ela corre!!"a criança não corre, ela está de pé e cai... para não se esborrachar ela coloca o pé na frente e assim vai caindo com um pé na frente e otro atrás, até que encontra um anteparo e para!
Assim somos nós nós adultos não andamos, caimos... desequilibramos o corpo para frente e para não nos esburracharmos, colocamos o pé... assim não caimos, mas nosso andar é formado por desequilíbrio-apoio-equilíbrio-desequilíbri-apoio-equilíbrio-deseq...
Em tudo,vivemos assim, ciclicamente

Tudo ou nada ... disse...

Eu ainda estou quebrando alguns na minha vida. Os cacos eu guardo para poder lembrar de pedaços da minha vida.
ABração

Edu Grabowski disse...

Claudinha,
acredito que todos ainda quebramos aquários. porque temos que aprender algumas coisas. Mas existem aqueles que podem ser evitados.
Bjs
------------
Erika,
Olhaaa vc aqui! Claro que aprendeu... Mas nada impede de dar uma mexida, olhada, ou colocar a mão, não é?!
Bjs procê moça.
----------
Fabrício,
Obrigado pela visita e palavras.
Bom que gostou do espaço.
Abraços.
-------------
Rui Carlo
Faz parte da vida aprender. Cair-levantar-cair-levantar correr... andar... Quebrar consertar, comprar um novo...sair do lugar.
É a vida, vivemos quando colocamos um pé na frente do outro e assim fazmos nosso caminho.
Valeu pelas palavras.
Abraços.
---------
Luciano,
fala rapaz!
valeu pela visita. E a lembrança é o que temos de certo levarmos conosco pra onde quer que seja!
Abraços.

----

Obrigado pela visita de vcs a este espaço feito a 6 mãos.
Grande abraço,
Edu Grabowski.

Van disse...

EDU
Se quebrar aquários é aprender lições, então que eu possa quebrar os meus aquários.... Diariamente!

Beijucas

JAzzz disse...

Por essa óptica, acho que sou a rainha quebradora de aquários...

Edu Grabowski disse...

Van
é e não é... mas o que vale é o que aprendemos. o que sentimos, pq é isso que vai com a gente para qualquer lugar!
beijo grande pra vc.

---

Jazzz
visitando mais esse canto!
=)
Bem vinda!
beijos

Edu.

Anônimo disse...

o que vale nessa vida é quebrarmos e aprendermos a viver.
muito bonita essa explanação de aquário.
felicidades e deus te ilumine sempre visite meu blog. te aguardo viu amiga.
beijinhos.
deusaodoya.

htpp://deusaodoya.blogspot .com