terça-feira, 24 de junho de 2008

A VIDA NECESSITA DE PAUSAS - O CORAÇÃO NÃO

" Presta atenção nas pausas, as pequenas,
que inesperadamente o destino te concede!
Um dia, "O-que-virá" surgirá assim! "
( Friedrich Doldinger)
_________________________________________

Meu coração é um imenso livro, esperando na estante pra ser lido com olhos mansos; pra ser aberto por mãos delicadas; pra ser arejado com respirar tranquilo; pra ser tocado com dedos mágicos e raros. Meu coração é um imenso livro onde cada página é feita de sonho e canção.

Meu coração - indecifrável - é feito de espera.
____________________________________

O destino vive colocando as coisas na nossa frente o tempo todo!
O problema é que nem sempre a gente vê.
É mais ou menos como aquele livro na prateleira que há tanto tempo a gente quer ler mas sempre acaba deixando pra depois.
Alguns livros são assim: tem sempre um que há muito tempo está ali, mas nós nunca o abrimos. Até que um dia, finalmente resolvemos dar uma chance ao coitado, o pegamos e o lemos numa sentada só. E - SURPRESA! - geralmente ele vem na hora certa e nos diz exatamente aquilo que a gente precisava ouvir.

Com a nossa vida não é diferente.
As coisas estão sempre à nossa frente, nítidas, claras, brilhantes....
A nossa cegueira é que nos impede de ver tudo isso. Tão ocupados estamos em olhar pros nossos próprios umbigos que tudo o que existe de mais rico e importante corre o risco de passar despercebido ou ficar esquecido num canto.
A mesma coisa vale pras pessoas.
Aquelas que aparecem na nossa vida e que muitas vezes nós não damos importância.
E elas passam... E quando percebemos, já as perdemos. E quanta coisa nós deixamos de aprender e viver. Só porque somos cegos demais, ou medrosos demais, ou distraídos demais, ou ocupados demais...

As pausas, as pessoas, os sentimentos...
As coisas existem na nossa vida sempre por um motivo. Nunca por acaso!
É preciso sabermos ver! Senão elas se vão.....
E o destino pega um desvio....

Tudo acontece na hora certa....
E quando aparentemente nada acontece, "há sempre um milagre que não estamos vendo". Porque o bom dos milagres é que eles acontecem o tempo todo diante de nós... É preciso apenas nos entregarmos ao que o nosso coração quer e usarmos de muita intuição pra vê-los acontecendo....

Difícil é passar por essa vida e não abrir os livros e as pessoas e lê-los por inteiro! Porque está tudo ali..... Na nossa própria estante!
Tudo - e todos - que aparecem nas nossas vidas, têm um motivo e um porquê.

Abra os olhos, senão você perde...
As pausas, os milagres, os livros.... As pessoas.
.
.
.

Por Van Luchiari©

17 comentários:

Edu Grabowski disse...

Porque a Van é linda! Escreve de forma acolhedora, que a gente senta, bebe um café e se delicia em suas palavras.
Essas pausas...com certeza temos que abrir os olhos para nao perder As Pausas, Os Milagres, Os Livros... As Pessoas!

Lindo texto Van! Lindo e verdadeiro!
Beijo grande,
Edu.

iara disse...

muito lindo!
e tudo isso pq nosso tempo é agora..e devemos senti-
lo intensamente....

bjs
iara

Antonio Sávio disse...

Parabpens pelo blog. Parabéns por suas palavras, que, por incrível que pareça me apareceram também na hora certa. Colírio para almas cegas de poesia.

Deusa Odoyá disse...

Oi minha amiga Flavia.
passei para lhe agradecer suas visitas ao meu cantinho, e desejar um bom fim de semana com muita paz e amor em seu coração.
Voltarei mais vezes amiga.

Regina Coeli.
Beijos e fique na paz.

Eugênio Vieira / Palhaço Saltim disse...

"Ler" pessoas com olhos de artista e poder criar e recriar sentidos que venham preencher alguns espaços, construir corpos e histórias...enrriquecer o "próprio" e o outro.
Bela forma de existir e se colocar no mundo.
Abç e bj

Van disse...

EDU
Te amo, amore! Você é um doce. Um presente! Um daqueles livros mais raros!
Beijucas

IARA
Obrigada, querida. =))))))
Feliz que tenha gostado.
Conheça meu outro blog também:
VAN FILOSOFIA: www.vanluchiari.com.br

ANTONIO
Tudo vem na hora certa!
Que bom que minhas palavras te encontraram.
Beijucas

DEUSA
O post não é da Flavinha, mas eu aceito o elogio do mesmo jeito!
kkkkkkkkkkkkkk
Obrigada, querida.

EUGÊNIO
Belo comentário também. Lindo!!!!
Obrigada pela visita.
Beijucas e sorrisos.

Clecia disse...

Oi! Amei o post! Cada pessoa é um livro.Nem sempre se consegue ler as páginas do livro de cada uma delas,mas podemos tentar,não? Bjos e um ótimo fim de semana!

Paloma disse...

Van, primeira vez que venho aqui e não poderia ter começado o meu domingo de melhor modo. Muito bom abrir os olhos para as coisas dadivosas da vida.

Um abraço!

Paulo R Diesel disse...

As pausas da vida.

Belo texto, Van

Bj.

Leticia disse...

Carambola, só vc consegue escrever em mil blogs e manter a qualidade em todos eles!

Muito bom o texto lindona me lembrou Bandeira :" quanta mais ei varria as flores, os livros , os amores mas a minha vida ficava cheia de flores , livros , amores, de tudo".

Tudo ou nada ... disse...

Que bom ver este espaço sendo movimentado. Vc escreve muito bem Edu.
Abraços

Van disse...

CLECIA, PALOMA, PAULO, LETICIA, TUDO OU NADA
Meu muito obrigada a todos. Escrever fica melhor quando consigo alcançar leitores tão exigentes e talentosos.
Beijucas minhas.

F. disse...

Vanzinha,

A vida necessita sim, de pausas. E temos que estar atentos para fazer essas pausas na hora em que a alma pede... para reconhecer os hiatos necessários, para fazer desses momentos um celeiro de forças renovadas. Para que o coração permaneça firme em seu desígnio de bater, para que nossos olhos jamais estejam cansados a ponto de nos fazer perder a chance de ver os milagres que acontecem em nossas vidas todos os dias.

Texto lindo de viver.

Beijos ;)

Clecia disse...

Amei este post! É verdade! O coração não necessita de pausas. Ele quer viver intensamente cada momento. Amei o trecho "Meu coração é um imenso livro, esperando para ser lido com olhos mansos...",quem escreveu? Foi você? Gostaria de saber a autoria. Achei belíssimo! Bjos e boa semana!

Clecia disse...

Oi, Van! Voltei! Obrigada por responder a minha pergunta. Eu bem imaginei que este pensamento fosse seu mesmo. Devo dizer que adorei e combina bem comigo. :) Bjos!

Ana R. Barbosa disse...

Lindo texto... parabéns pelo blog!
=)

Anônimo disse...

ler todo o blog, muito bom